segunda-feira, 24 de abril de 2017

Fundação Cultural Palmares certifica a Comunidade Quilombola do Rio da Prata

 
Na última terça-feira, 18 de abril a Fundação Cultural Palmares fez a entrega da certificação a Comunidade Remanescente Quilombola "Dona Bilina" do Rio da Prata – Campo Grande – Rio de Janeiro.




A comunidade do Rio da Prata esteve presente para receber sua certificação tão desejada entre eles: Caroline Rodrigues (tataraneta de Dona Bilina), Aldemir Cardoso (neto de D. Bilina), Drª Rita de Cássia Caseiro, Diego Carreiro, Alice Franco e Graciano Caseiro.



A certificação de comunidades remanescentes de quilombos pela Fundação Cultural Palmares visa à regularização fundiária das comunidades, além de viabilizar a participação dos quilombolas em ações de políticas públicas do governo federal; Assegurar a efetivação de ações que promovam o reconhecimento, preservação, fomento e difusão do patrimônio e da expressão cultural dos e para os grupos que realizam atividades afro-brasileiras; Estabelecer mecanismos para a ampliação de programas dedicados á capacitação de profissionais para o ensino de história, arte e cultura africana e afro-brasileira assim como seu desenvolvimento dentro da rede pública de ensino; Realizar projeto escola com grupos e organizações coletivas que atuam diretamente na produção e difusão das artes e expressões culturais afro-brasileiras; Consolidar canais de disseminação das atividades realizadas pelos grupos, de forma a facilitar o intercâmbio cultural; Promover mecanismos coletivos para a troca de experiências e informações entre sociedade civil e órgãos governamentais.

O evento aconteceu nas instalações do Museu do Amanhã na Praça Mauá e contou com uma extensa programação tais como: Sarau de Poetas, Estante para Todos, Encontro Literário com Tarde de autógrafos, Desfile de Moda Afro, Grupos Instrumentais e Grupos de Dança, dentre outros.





Share:
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário